terça-feira, abril 12, 2005

SBP, DISCOVERY CHANNEL e O ÚLTIMO CORTE

Antes de uma amostra grátis do meu livro PASTEL DE CARNE EM ÓLEO DIESEL, alguns poemas da minha fase atual, como SBP:

Como pessoa
Já fui nada

Hoje quero ser
Um anjo
Pras pessoas que me são caras

E um demônio
Pras baratas

ou

DISCOVERY CHANNEL

Talvez um dia eu me ligue
E me descubra

Celacanto em um mar
De ásperos corais e anêmonas gigantes

Olhos de lince em uma savana
De cães carniceiros e leões preguiçosos

Peixe-arqueiro em um rio
De presas fáceis

E não gente que insiste em ser salmão
Nadando contra a corrente

Quando o que importa não é reproduzir-se
Mas ser-se


ou

O ÚLTIMO CORTE

Como de praxe
Um costume de madeira
Veste enfim uma vida inteira
No centro da sala

Neste velório
Se ache
Antes que o faça a morte
Repetitiva estilista da moda derradeira

1 Comments:

Anonymous Sueli said...

Essa é a que mais gosto de todas.
Nem sei porque...mas eu gosto

6:12 PM  

Postar um comentário

<< Home